Bolsas para estudar no outside. Confira

0
343

Quando o objetivo é estudar e aprimorar o conhecimento, não há limite ou fronteira que impeça um estudante de ir além. Nesse sentido, as bolsas de intercâmbios para se especializar em outros países se tornaram um sonho de muitos brasileiros. Com base na pesquisa feita pela Organização Estudar Fora, 25 países estão com inscrições abertas entre abril e maio para bolsas de estudos de curta e longa duração, assim como programas de verão.

As opções são para graduação, mestrado e doutorado nos destinos mais procurados do mundo, como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, França, Austrália, Argentina e Portugal. De acordo com o presidente da subcomissão distrital de Bolsas Educacionais da Rotary Internacional do Estado, Antonio Fernando Santos Lacourt, a Fundação oferece até a hundred bolsas.

Todas as mensalidades e despesas com passagens aéreas são pagas pela fundação, além de moradia e toda a alimentação durante o período do curso. “A maioria dos alunos que participa do programa no outdoors já fica direto no país, porque o curso traz novas possibilidades e aumenta a habilidade de atuar em áreas sociais”, ponderou.

Para concorrer a uma bolsa de mestrado da Rotary, o candidato deve ter bacharelado e pelo menos três anos de experiência voluntária ou profissional em período vital. Já para o curso de aperfeiçoamento profissional, ele precisa ter no mínimo cinco anos de experiência voluntária ou profissional.

As bolsas estão disponíveis em seis países (Estado Unidos, Japão, Inglaterra, Austrália, Suécia e Tailândia) e a inscrição vai até o dia 31 de maio. Quem pôde aproveitar por dois anos uma bolsa completa, sem custos, foi a empreendedora, Roberta Bonfim, 33. Em 2014, ela foi bolsista pelo “Estudos pela Paz”, para Tóquio, no Japão, pela Fundação Rotary Internacional.

“Eu fiquei dois anos submersa em uma cultura completamente diferente. Cheguei até a trabalhar com refugiados e sobreviventes do bombardeio (da bomba atômica da 2ª Guerra Mundial) de Hiroshima. Saí de lá com mestrado em Políticas Públicas, uma lição para a vida”, disse, emocionada.